Desporto

Acordo entre Feirense e Sporting de Braga prevê pagamento de Rafa em quatro tranches

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Estão dissipadas as dúvidas quanto ao pagamento ao Feirense por parte do Sporting de Braga, no valor de 1,6 milhões de euros, pelos direitos desportivos de Rafa, transferido dos “arsenalistas” para o Benfica em 2016.

Feirense e Sporting de Braga chegaram a um acordo de pagamento em quatro tranches, sendo que se verificou um atraso nas duas primeiras. O presidente do Feirense, Rodrigo Nunes, mostrou o seu desagrado em Julho de 2017 pelo facto de o clube bracarense, na altura, não ter procedido ao pagamento da primeira tranche, mas admite agora que os prazos foram “acertados”. “O que aconteceu foi que havia um pagamento de uma primeira tranche a ser feito, que não foi, daí que mostrasse o meu descontentamento. Neste momento o Braga tem tudo em dia. O pagamento da segunda tranche venceu em Outubro de 2017 e acabámos por receber o valor das duas tranches em Janeiro de 2018” – afirma.

O dirigente do Feirense revela ainda que o pagamento da terceira tranche deverá ser feito em Outubro deste ano, conforme acordado.

Recorde-se que, segundo o relatório de Contas do Sporting de Braga para a época 2016/2017, “em 31 de agosto de 2016, a Braga SAD e a SL Benfica, SAD chegaram a acordo para a transferência do jogador. No âmbito desse acordo a SL Benfica, SAD assumiu a obrigação de desonerar a Braga SAD em relação à Onsoccer (negociando com esta, directamente, em relação aos 10% dos direitos económicos do jogador por si detidos), a obrigação de pagamento da contribuição de solidariedade inerente à transferência, e ao pagamento à Braga SAD da quantia de 16.000.000 euros, da qual 90% (14.400.000 euros) revertem a favor da Braga SAD e 10% (1.600.000 euros) revertem a favor do CD Feirense.