Desporto

Despedida

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Ivo Oliveira despede-se dos relvados

No ano em que o Lusitânia de Lourosa se consagra campeão, Ivo Oliveira, capitão dos amarelos e pretos, arruma as chuteiras e despede-se dos relvados

Pode fazer um rescaldo da época?
Foram só pontos positivos porque o nosso principal objectivo era o campeonato e isso foi conseguido, conseguimos ser campeão que era o mais importante.
Fizemos um bom trabalho e agora temos uma super taça para ganhar e se assim for, se conseguimos, acho que se torna mesmo um campeonato muito positivo, um rescaldo da época e melhor não pode haver.

Qual foi o jogo que mais o marcou?
Os jogos que mais me marcaram ao longo da época foram os dois jogos com o Lamas. Penso que a envolvência do jogo, o estádio, o público que veio ao estádio tanto em Santa Maria de lamas como aqui em Lourosa acho que foram os dois jogos que nos marcaram e saindo desses dois jogos vitoriosos acho que foram os pontos altos do campeonato e também ganhar em Aveiro que foi muito importante para nós.

Acha que a massa associativa tem um papel importante na subida?
A claque tem um papel importante na subida porque se não estivéssemos todos juntos e a remar para o mesmo lado tornava-se muito mais difícil. Se tivéssemos um ambiente mais fraco, mais hostil aqui em casa acho que seria pior para a equipa e apoiando os jogadores quando erram e incentivando os jogadores o que torna o psicológico dos jogadores mais forte e tornando o psicológico dos jogadores mais forte é essencial e acho que os adeptos deram-nos uma grande ajuda e isso foi extremamente importante.

Leia mais na versão impressa do Jornal N