Desporto

Feirense-Sporting: No último suspiro

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

O Feirense saiu do jogo do Sporting da última sexta-feira com um sabor amargo. A derrota por 3-2 com os “leões” na 5ª jornada da I Liga não espelha o desempenho da equipa de Nuno Manta Santos.
A equipa de Jorge Jesus chegou a ter uma vantagem de dois golos que parecia confortável, mas que acabou por ser igualada com os golos de João Silva (69’) e Etebo (80’). Depois, surgiu o lance da grande penalidade por falta de Luís Rocha sobre coates, no último minuto do período de compensação, com Bas Dost a sentenciar o castigo máximo (90’+7’).
Mas a verdade é que o Feirense teve uma primeira parte exemplar. O bloco baixo defensivo apresentado por Nuno Manta Santos esteve longe de ser um “autocarro”, já que a equipa soube desempenhar as transições da melhor forma, nunca deixando de espreitar o ataque. Assim, foi a estratégia apresentada por Nuno Manta Santos que provocou um futebol pobre e desinspirado ao Sporting durante o primeiro tempo.

 

Leia mais na edição em papel do Jornal N