Desporto

C.D.Fiães abre as portas ao Desporto Adaptado

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Projeto enriquece história do clube

“Implementar a prática desportiva a pessoas com deficiência, +ermitindo-lhes igualdade de oportunidades no que diz respeito ao livre acesso ao desporto” é um dos objetivos da criação da secção.

Fundado em novembro de 1956, o Clube Desportivo de Fiães manteve mais de dez anos o voleibol como sua única atividade. Em 1969, juntou ao voleibol a secção de ginástica, e em 1973 surgiu no clube, e com uma força enorme, uma vez que cedo impôs a nível nacional, a secção de Tiro aos Pratos.

As duas secções não teriam vida longa. A ginástica cessou a atividade – regressou nos anos 90, mas também por pouco tempo – e o tiro, por razões várias, já que algumas casas situadas no sopé do Monte da Pedreira constituíram um obstáculo intransponível, seguindo-lhe o caminho. Sobrou o voleibol, ainda hoje, decorridas mais de seis décadas. a secção que perdura, a ponto do Clube Desportivo de Fiães ser, neste momento, um dos oito clubes nacionais que se mantêm em atividade à mais tempo.

Em maio do ano passado, por iniciativa da direção presidida por Álvaro Mota, mas especialmente por vontade da dirigente, Rita Lei, o clube fez a apresentação do projeto da criação do Desporto Adaptado.

Pouco tempo depois (17 de junho) a secção deu o seu primeiro sinal de vida ao levar a cabo o seu 1º open day.

Leia mais na versão impresa do Jornal N