Local

António Topa, número dois da lista PSD/Aveiro, em Entrevista

 | 

Com 65 anos, o deputado da Assembleia da República Portuguesa desde 2015, António Topa, assume o 2.º lugar na lista de deputados candidatos pelo círculo eleitoral de Aveiro nas próximas eleições Legislativas do dia 6 de outubro. O candidato do PSD, atenta, sobretudo, no investimento e na ampliação do Hospital S. Sebastião, garantindo que o “dinheiro existe” e que a proposta se irá concretizar, “se o PSD ganhar”.

Que avaliação faz sobre a atual legislatura?

Estes últimos quatro anos do Governo do PS representaram uma solução política num acordo com outros partidos como o Bloco de Esquerda e a CDU. Foi uma decisão muito complicada, foram realizados alguns sacríficios e o Governo viu-se num processo de recuperação. Por um lado, fez o seu trabalho e recuperou o emprego através desta solução governativa entre o PS e a Esquerda. Isto fez com que se originasse uma “satisfação” entre os partidos,  e tudo ficou um pouco a navegar ao “sabor do vento”. A dívida aumentou e o país continuou a ficar endividado…

Que leitura faz sobre a lista de deputados do PSD apresentada para o círculo eleitoral de Aveiro?

É uma lista que possui pessoas experientes na política, outras mais novas, mas todas muito capazes de cumprir com o que é proposto. Penso que se trata duma lista que faz a cobertura do distrito, bastante capaz e competente.

Na área da saúde, uma das propostas que se integra nas bases programáticas do PSD Aveiro é a ampliação da urgência do Hospital de Santa Maria da Feira. De que forma planeiam concretizar esta medida e que importância a mesma representa?

No tempo do Governo de PSD e CDS-PP, esta ampliação e obra estava já pronta a arrancar. Com o PS, a obra parou. O que acontece, nestes últimos quatro anos, é que a obra não se realizou e na fase final “inventaram” que era necessário rever o projeto. Trata-se duma obra fundamental; a ampliação e a requalificação da urgência é muito importante até para contemplar a valência da saúde mental. O dinheiro existe para avançar e o que posso afirmar é que se o PSD ganhar, esta importante obra irá concretizar-se.