Concelho

Autarcas reivindicam atenção para a Linha do Vouga

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

O ano de 2018 assinala a comemoração dos 110 anos do traçado da Linha do Vouga. O seu primeiro traçado, entre Espinho e Oliveira de Azeméis, era inaugurado em Novembro de 1908, pelo Rei D. Manuel II e agora, mais de uma centena de anos depois, são outros os autarcas que reivindicam atenção para o traçado, apelando à sua reabilitação e requalificação, de forma  a interligar os Municípios situados mais a Sul da Área Metropolitana do Porto (AMP) através do caminho ferroviário. A Linha do Vouga é o único troço de via estreita (bitola métrica) ainda em exploração. Desenvolve-se entre a estação de Espinho-Vouga e Aveiro, servindo um total de 44 estações e apeadeiros, numa extensão de 96 quilómetros que atravessam 36 obras de arte entre pontes e viadutos. Atualmente, a circulação ferroviária de passageiros encontra-se suspensa entre as estações de Oliveira de Azeméis e Sernada do Vouga.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.