Concelho

Bailar é com eles

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

São meninos que no 5º ano decidiram dividir o seu tempo entre as carteiras da escola e o estúdio da Escola de Dança Ana Filipa Mendonça. Os alunos do Conservatório de Dança do Norte trouxeram o primeiro lugar na coreografia de Grupo, em Clássico no escalão de Pequenos Bailarinos no FND – Festival Norte Dança.

Os alunos do ensino articulado do agrupamento da Feira compõem a maioria do grupo que saiu vencedor da competição com apenas um ano e meio de dança numa adaptação do bailado de D. Quixote. O Jornal N foi conhecer os bailarinos e a professora no estúdio onde a magia acontece, na Oliva Creative Factory.

Ana Luísa Mendonça começa por explicar que “o ensino articulado com o agrupamento da Feira existe há três anos, este ano porque o número de alunos da Feira tem vindo a aumentar, temos uma turma de alunos inteira para alunos da Feira o que significa 20 vagas especialmente para a Feira”. A bailarina só vê vantagens no ensino articulado “para começar é gratuito, os alunos não têm que pagar, depois é ensino vocacional, ou seja, o aluno que efectivamente quer aprender dança de uma forma pré-profissional, pode fazê-lo sem ser sobrecarregado com o horário da escola”. E não estariam tão bem preparados na dança…”a diferença é imensa, o conservatório existiu durante 10 anos antes de termos o articulado, e nestes anos a diferença de formação dos alunos até para mim foi uma surpresa, o facto de experimentarem mais do que um estilo de dança e de uma forma constante. Mesmo na escola regular, como grupo, é como se houvesse um objectivo comum dos meninos que vão para a escola e em conjunto vêem para a dança” – defende a professora.

Leia mais na versão impressa do Jornal N