Concelho

Cincork premeia os melhores presépios do concelho

 | 

O Cincork, Centro de Formação Profissional da Indústria da Cortiça, em parceria com o Município de Santa Maria da Feira e da FAP Feira realizou, na passada quarta feira, pelas 14h30 horas, a entrega de prémios da quarta edição do concurso “O nosso presépio”, promovido junto de todas as escolas do concelho.
Os participantes da edição de 2018 foram 12 e os seguintes: Jardim de infância de Santo António de Escapães , Jardim de infância do Sobral, em Mozelos, Jardim de Infância de Ordonhe, em Argoncilhe, Jardim de Infância mais Eb1 de Prime,Mozelos, Eb1 da Aldeia, Sanfins, Eb1 do Sobral, Mozelos, Eb1 de Casal Meão, Eb1 de Gião, Eb1 nº 3 de Santa Maria de Lamas, Eb1 da Peresinha,Canedo, Pré Escolar da Casa do Sameiro de São Paio de Oleiros e a Eb1 da vergada.
“É com muito prazer e com muito orgulho que vejo mais uma vez as nossas escolas a contribuir e a dar o seu melhor para a promoção do nosso concelho porque isso dá às nossas crianças e jovens uma aprendizagem muito deles mas também acima de tudo ajuda a inovar, a recriar e a promover as artes, tão importante nos dias de hoje. Este concurso é cada vez mais importante para nós porque é um concurso que apesar de singelo reúne aqui cada vez mais um grupo heterogêneo. A cortiça simboliza o que nós somos, empreendedores e que nunca deitámos a toalha ao chão e é o motor em termos de economia do nosso concelho”, afirmou Cristina Tenreiro, vereadora da educação da Câmara Municipal, presente no evento, assim como a Vice – Presidente da FAP Feira Elvira Batista e do engenheiro Rui Cardoso, da Cincork.

“Há quatro anos que nós desafiámos os meninos a mexer na cortiça e, como vêem, temos aqui uma série bastante grande de presépios em cortiça. Os meninos são desafiados, cada ano que passa temos mais presépios fora da caixa. Para um presépio hoje em dia já tudo é expectável”, declarou o engenheiro.

O primeiro prémio do “O nosso Presépio” acabou por ser atribuído à EB1 da Aldeia, em Sanfins, que decorou o seu presépio com rolhas de cortiça, tecidos e botões, e, na parte de trás, todas as crianças assinaram.
Foram,ainda, atribuídas três monções honrosas às escolas Eb1 de Casal Meão, Eb 1 de Gião e JI e EB1 de Prime.