Concelho

Descobrir o que os olhos não veem

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Áreas da Feira Franca e Souk são espaços da viagem

A Viagem Medieval, caracterizada por ser um dos maiores eventos culturais do concelho de Santa Maria da Feira envolve, naturalmente, toda uma grande logística organizacional para que possa funcionar em pleno.
A pensar nisso e no desconhecimento que existe relativamente a esta questão o Jornal N esteve à conversa com Ana Celina Marques, responsável pela área da Feira Franca e pelos restaurantes, que nos explicou tudo o que está por detrás do que os nossos olhos vêem.

De quantas áreas é que é responsável?

Eu sou responsável pela área da feira franca que engloba artesanato e mercadores. Aí estamos a falar de 175 tendas. Depois na área dos regatões, que são as tendas que promovem a venda de tudo o que são os pequenos bens alimentares temos, nesta edição, 68 exploradores.

E como é que funcionam os concursos para esses exploradores?

Nós, por uma questão de organização e para ser mais fácil temos, dentro do artesanato e dos mercadores várias tipologias.

No artesanato temos o artesão tipo 1, tipo 2 e tipo 3. Os artesões são pessoas que realizam por si próprias os seus próprios produtos e no tipo 1 temos as madeiras e artigos em ferro, por exemplo. No tipo 2 temos aqueles que promovam a venda de grinaldas de flores e o tipo 3 é a área de bijuteria e os restantes adornos: apliques de cabelo,ourivesaria, etc.

Depois temos, também, três tipos de mercadores.Temos o mercador tipo 1 que é aquele que vende madeira, trapos e um conjunto de coisas que não sejam produzidas pelos próprios, o tipo dois são os árabes e o tipo três são aquelas que a gente carinhosamente chama das bruxinhas ali do lago que são seis que temos lá e que se enquadram nos mercadores tipo três, as que promovem as consultas.

Quando é que se iniciam os concursos para a viagem?

Os concursos para a viagem medieval são sempre lançados no inicio de março e depois ficam disponíveis os regulamentos de participação no site da Viagem. Depois é feita a análise das candidaturas e no inicio de junho estamos a enviar as respostas aos mercadores que cá estão.

Existem mercadores novos todos os anos?

Todos os anos temos tendas e exploradores novos. Há obviamente um respeito por aqueles que já estão connosco em edições anteriores e que continuem a cumprir todas as regras mas têm obrigatoriamente que nos mandar todos os anos sem excepção a candidatura com tudo direitinho como se fosse a primeira vez. Depois temos todos os anos a substituição de candidaturas novas que acabam por entrar, em substituição de alguém que não possa vir e que tivesse histórico ou porque resolvemos aumentar o perímetro, portanto são várias as circunstâncias mas todos os anos aceitámos pessoas novas.

Leia mais na versão impressa do Jornal N