Concelho

Empresário acusado de abusar de menor 480 vezes começou a ser julgado

 | 

Na passada quinta-feira, no Tribunal de Santa Maria da Feira

O Tribunal da Feira começou hoje a julgar à porta fechada um empresário de 55 anos suspeito de ter abusado sexualmente de uma menor, ao longo de dois anos. O arguido está acusado de 480 crimes de abuso sexual de crianças e outros tantos de coação sexual agravada de que foi vítima uma filha de um casal amigo.

O homem, que se encontra em prisão preventiva, responde também por cinco crimes de pornografia de menores. Segundo a acusação do Ministério Público (MP), os abusos começaram em 2014, quando a ofendida tinha 11 anos, e prolongaram-se até 2016, ocorrendo com uma frequência quase diária na casa do arguido, em Santa Maria da Feira, ou na sua viatura.

O MP diz que o arguido terá aproveitado a proximidade e o clima de confiança existente para abusar sexualmente da menor, oferecendo-lhe roupas, perfumes, flores, telemóveis, jantares e bilhetes para o cinema, para controlá-la e mantê-la próxima de si.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.