Concelho

Feira vai ter biblioteca móvel para levar livros às fábricas

 | 

Programa deverá arrancar no primeiro trimestre de 2020, num investimento inicial de 86 mil euros

No passado dia 11 de novembro, segunda-feira, a Câmara de Santa Maria da Feira anunciou que vai adquirir uma viatura própria para levar às fábricas do concelho, livros e outros materiais selecionados pela Biblioteca Municipal, procurando assim promover a leitura entre os respetivos trabalhadores.

Segundo a Agência Lusa, depois do concurso público para aquisição de uma carrinha adaptada para o efeito ter sido publicado na semana passada em Diário da República, o vereador do Pelouro da Cultura na Câmara de Santa Maria da Feira, revelou que o projeto em causa se intitula “Leituras em Linha” e funcionará em regime de itinerância pelos mais de 213 quilómetros quadrados do território.

“Seguindo uma política de proximidade, de transformação e adequação da oferta dos nossos serviços às reais necessidades da comunidade, o “Leituras em Linhas” percorrerá, numa fase inicial, as maiores unidades fabris do concelho, procurando fornecer aos seus trabalhadores experiências educativas, sociais e culturais com vista ao enriquecimento de pessoas de todas as idades”, explicou Gil Ferreira, vereador responsável com o Pelouro da Cultura. Equipada com conteúdos adequados ao perfil dos potenciais utilizadores, numa seleção que procurará ter em conta, por exemplo, a faixa etária e o perfil académico dos quadros afetos às empresas a visitar, a biblioteca móvel do “Leituras em Linha” também irá disponibilizar acesso à Internet e um terminal de Multibanco (ATM). O programa deverá arrancar no primeiro trimestre de 2020, após um investimento inicial de 86.000 euros.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.

http://bit.ly/35tw1H5