Concelho

Há estrangeiros que vêem casar a Portugal, e a promotora é da Feira

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Marleen Vrensen está em Portugal há três anos e apaixonou-se pelo concelho. Agora convence todos apaixonados a viver o país como destino de casamento e não tem mãos a medir. Defende que Portugal tem tudo para tornar o dia de casamento inesquecível e elege o Castelo da Feira como o ambiente perfeito para trocar alianças. O Jornal N foi conhecer esta empreendedora holandesa que tanto faz para nos promover no estrangeiro.

 

Porque é que resolveu viver no país, e no concelho de Santa Maria da Feira?

Vim da Holanda há três anos. O meu marido é português, de S. João da Madeira e trabalha na RAVAS Europe BV, uma empresa internacional sediada na Holanda. Há três anos ficou responsável por Portugal e Espanha, o motivo pelo qual passamos a viver no país. Em Santa Maria da Feira encontramos o local ideal para viver.

 

Quais são as características da cultura portuguesa que a surpreenderam?

Gosto de pensar na vida em Portugal com uma pulsação mais lenta. As pessoas reservam tempo para as coisas boas da vida e sabem apreciá-las.

 

Como surgiu o projecto Hello Portugal? E a Hello Portugal Weddings?

Hello Portugal é um blog holandês que retrata o modo de vida e boas vibrações portuguesas. Toda a minha vida escrevi, mas desde que me mudei para Portugal senti-me tão inspirada que resolvi criar um blog sobre todas as coisas fantásticas no país. A cultura, a tradição, a forma de estar, a língua. Ao viajar pelo meu novo país descobri sítios tão bonitos que senti necessidade de os partilhar. Ao mesmo tempo criei a Hello Portugal Weddings. É um projecto recente que tem como objectivo apresentar Portugal como destino para casamentos. O projecto começou quando uma amiga me pediu ajuda para organizar o seu casamento aqui em Portugal e com uma colaboração com uma organizadora de casamentos do Dubai.

 

Já trabalhava na organização de eventos antes?

Sou licenciada em Economia e pensei que o meu emprego de sonho seria nessa área, mas percebi rapidamente que perdia o contacto com as pessoas. Organizar e planear sempre foram funções nas empresas para as quais trabalhei, mas na Hello Portugal Weddings sinto-me realizada. Nunca pensei que estabelecer esta ligação com as pessoas para toda a vida fosse parte do meu emprego. Todos os dias são especiais!

Porque é que há estrangeiros a casar no país?

Porque Portugal tem tudo. Deste serras belíssimas no Norte, cidades autênticas como Porto, Lisboa e Coimbra, até as praias mais bonitas da Europa. Os portugueses são hospitaleiros e amigáveis, e a gastronomia portuguesa é rica e deliciosa. Assim como o vinho português.

 

O que é que distingue a Hello Portugal Weddings?

Com as raízes holandesas, a viver em Portugal e uma grande experiência de trabalho com outras nacionalidades e culturas, sabemos como interpretar os desejos, ideias e forma de estar dos clientes e imprimi-los no dia do casamento. Pensamos “fora da caixa” na criação do design único e de ideias originais. Com uma visão pragmática, acertamos sempre. A comunicação é a grande prioridade e os nossos clientes estão envolvidos em cada passo da organização. O nosso objectivo é fazer a noiva e o noivo sentirem-se confortáveis e relaxados.

 

Em relação à festa de casamento, quais as principais diferenças entre os portugueses e os estrangeiros?

A comida, definitivamente. O banquete é muito abundante, às vezes as pessoas questionam-se sobre a quantidade de comida, mas adoram. Todos os países e todas as culturas têm as suas tradições. Aliás, todas as famílias têm as suas tradições. A nossa paixão é precisamente combinar as tradições de uma forma criativa e criar um estilo pessoal.

 

Leia mais na edição impressa do Jornal N.