Concelho

“Memorizo um carro por cada três segundos, sou mais rápido do que os computadores”

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Aos 37 anos, Filipe Silva tem decoradas quase 100 mil matrículas de automóveis, das quais 894 pertencem ao concelho de Santa Maria da Feira. Para além das matrículas, o já condecorado recordista do Guiness guarda ainda 257 mil referências de peças de automóveis e 1589 músicas, passou no exame de código em menos de dois minutos e continua a decorar, em média, 140 viaturas por dia. O Jornal N foi conhecer os contornos da memória e os mecanismos de retenção da informação de alguém que não só decora números, mas que também é capaz de associar cores, modelos, e proprietários aos veículos que, garante, “não esquece”.

Estávamos no ano de 2004, quando Filipe Silva se apercebeu das capacidades que a sua mente possuía. Numa saída normal, a um bar na zona de Famalicão, viria a descobrir a capacidade de memória que hoje reconhece. “Estava num bar, em Vila Nova de Famalicão, e de repente a música baixou. Ouvi alguém a dizer o seguinte: ‘pede-se ao proprietário do 80-92 PJ que vá retirar a viatura’. À terceira vez que o pedido foi feito, pensei para mim que ou a pessoa estava distraída, ou então não sabia a matrícula. Fui ter com a pessoa, e avisei-a do assunto. A pessoa ficou admirada, e perguntou-me como sabia que era a matrícula dele. Respondi que não só sabia a matrícula dele, como das 784 pessoas que paravam pelo bar assiduamente. Pensaram que estava a brincar, e então começaram-me a perguntar as matrículas de várias pessoas que estavam no local, as quais eu acertei. Quando dei por mim, em 2004, ia já nas 7254 viaturas decoradas” – recorda Filipe Silva.

 

Leia mais na edição impressa do Jornal N