Concelho

Miguel Silva: de S. João de Ver para a Catalunha com toda a independência

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

A história começa em Santa Maria da Feira. Natural de S. João de Ver, o engenheiro Miguel Cardoso Silva abraçou, em 2011, um projecto relativo à construção de baterias de lítio para automóveis eléctricos. Este é o relato na primeira pessoa de um feirense lá fora, depois dos recentes atentados em território espanhol e da proclamação da independência da Catalunha.
O peso da vida bateu cedo à porta de Miguel Cardoso. Aos 6 anos de idade ficou órfão de pai, e viu-se obrigado a “arregaçar as mangas”. Teve na mãe uma “autêntica guerreira” e na família um suporte valioso, o que fez com que nunca passasse dificuldades.

Já em solo espanhol, Miguel Silva abandonou o campo da produção para se dedicar à instalação de baterias de lítio, numa criação em série de uma carrinha eléctrica para todo o Mundo. Desde que chegou à empresa foi crescendo, e neste momento é Gestor de vários projectos. “Este projecto, associado à proximidade geográfica e cultural da cidade e do país com o nosso Portugal, fez com que decidisse aceitar o desafio pois também com a crise que pairava em Portugal, já via a ideia de emigrar de uma maneira diferente” – afirma o engenheiro.

Joga no Futebol Clube Lusitanos de Barcelona, na posição de extremo, sendo também responsável pelas finanças do clube. O grupo funciona como uma “família portuguesa em Barcelona” e depois de ter feito alguns treinos no Feirense e no S. João de Ver, este é o relvado que pisa nos dias de hoje.

 

Leia mais na edição impressa do Jornal N