Concelho

Passe único e ao mesmo preço para os transportes em toda a área Metropolitana

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

O presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, informou, em conferência de imprensa, das decisões tomadas sobre a Descentralização a apresentar na Cimeira das Áreas Metropolitanas marcada para 27 de Março, em Lisboa.

O autarca de Santa Maria da Feira, e vice-presidente da Área Metropolitana do Porto, defendeu novas competências para as autarquias com a descentralização, nomeadamente nas áreas da Saúde, com a gestão dos Cuidados de Saúde Primários, na área da Educação até ao 12º ano, com a excepção da contratação de professores, em relação à área Social, nos acordos com a IPSS’s, em relação ao património habitacional, e em relação ao património do estado, considerou “que o que não está a ser utilizado passe para os municípios”.

De acordo com Emídio Sousa, a principal questão a resolver com a descentralização passa pelo “envelope financeiro, já que o Estado não pode transferir despesa e não transferir receita. O que defendemos é o modelo de financiamento assente no orçamento de estado e não em novos impostos” – adiantou.

Uma das novidades anunciadas é na gestão dos transportes, com a criação de um passe único nas áreas metropolitanas, independentemente das distâncias. “Quem vive longe do centro já é penalizado no tempo de deslocação, não faz sentido que ainda se pague mais dinheiro, mas é óbvio que isto tem de ser financiado. Na minha opinião pode ser financiado, por exemplo, com os impostos sobre os combustíveis”, defendeu Emídio Sousa, lembrando que para além da mobilidade existe também a questão ambiental.

Leia mais na edição impressa do Jornal N ou assine a versão digital aqui