Concelho

Reunião de Câmara: “Governo apoia uma cultura centralista”

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

A Reunião de Câmara da última semana começou iniciou com uma intervenção do vereador da Cultura, Gil Ferreira, que se mostrou muito satisfeito pelo fim-de- semana preenchido em termos culturais no concelho, mas deixou alguns avisos ao Governo.

O vereador destacou a iniciativa da Biblioteca de S. Paio de Oleiros que, valorizando a linha do Vouga, organizou uma visita à Igreja Matriz e ao Museu Convento dos Lóios. O vereador sublinhou ainda a recreação de teatro de rua da Queima de Judas de Mozelos, e ainda o Louroteatro, em Lourosa. Gil Ferreira destacou também a inauguração da exposição Arquitecturas Minerais, na Biblioteca Municipal, e a abertura do Festival de Cinema Luso- Brasileiro subordinado ao tema “O que nos une”.

O vereador considerou um privilégio estar num concelho em que os eventos culturais “fervilham”, “num momento em que se discute o papel da arte na sociedade, o festival não conta com o apoio da tutela nacional, porque o Governo apoia uma cultura centralista que exclui uma série de festivais simplesmente por terem públicos pequenos”.