Concelho

Corticeira Piedade despede trabalhadores ao encerrar produção

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Empresa abandona produção e dedicar-se-á gestão de stocks e venda de activos

 

A administração da empresa Piedade, em Santa Maria da Feira, anunciou na passada terça-feira, 4 de Junho, o despedimento de 42 trabalhadores e o encerramento total da sua produção de rolhas de cortiça nessa fábrica do grupo francês Oeneo Segundo avançou fonte da empresa de Fiães, o despedimento coletivo abrange todos os operários afetos à produção e, consoante a antiguidade de cada funcionário, deverá concretizar-se até ao prazo máximo de 6 de agosto, altura em que será encerrado o fabrico de rolhas. A partir daí, a empresa ficará apenas com cinco funcionários e dedicar-se-á em exclusivo “à gestão de stocks e venda de ativos” dessa e de outras unidades do Grupo Piedade, reequacionando o seu modelo de negócio “em consonância com a atividade de compra de cortiça na floresta” atualmente realizada pela Sá & Sobrinho.

“O facto de a Piedade ser a única empresa da Oeneo a produzir rolhas tradicionais colocava-a desalinhada com aquele que é o foco e estratégia do grupo, e este despedimento afigura-se como absolutamente necessário para procurar garantir a sustentabilidade e viabilidade da firma”.

 

Leia mais na edição impressa do Jornal N.