Economia

Ginita: sete décadas de excelência

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

São muitas as gerações que passaram pela Ginita há 70 anos a laborar, as pessoas continuam a ser o centro do negócio e das preocupações da administração.

Foi no ano de 1948 que António Correia Alves, com apenas 17 anos, se decidiu a apostar na indústria do calçado. Na altura, novo demais para ter a fábrica em seu nome, criou a empresa com o pai para fazer avançar os seus projectos. Na década de 50 estabelece-se na localização que hoje se conhece e o filho vem trabalhar com ele como modelista na década de 80. Hoje, com 87 anos ainda está à frente dos destinos da Ginita, mas é o filho Albérico Alves quem fala ao Jornal dos percalços do passado e desafios do futuro da fábrica de calçado de Escapães.

 

Leia mais na edição impressa do Jornal N.