Economia

Lactimaf: Uma tradição nascida e criada em Fornos

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Foi a responsável pelo consumo do queijo Flamengo em Portugal, e ainda é a única a fabricar
os queijos-triângulo no país. Os 84 anos da Lactimaf cruzam a história da região, do país e da
Europa, com a iniciativa feirense de Margarida, Ana e Francisco Pinho. Hoje, Margarida, neta e
sobrinha-neta dos fundadores, é responsável de Marketing da empresa e orgulha-se da forma
de estar da sua família.

Como começa a história da Lactimaf?
Começou em 1934, é o ano de registo da empresa e da nossa marca mais antiga que é a Rico.
Na altura o registo da marca não era muito comum, mas as irmãs do meu avô eram muito
avançadas para a época. Na década de 20 estas minhas tias viviam na quinta, com uns tios,
porque os pais tinham morrido. As duas irmãs começaram a perceber que tinham de fazer
alguma coisa para dinamizar a área. Nesta zona havia muito leite, havia muita exploração de
vacas e elas pensaram no que haviam de fazer para sustentar a quinta. Nessa altura, a tia
Margarida foi para França, e aprendeu a fazer queijos, e mandou o meu avô para a Holanda e
o meu avô trouxe de lá a receita do queijo flamengo. Começaram a fazer umas experiências
numa cozinha e em 1934 abrem a fábrica neste sitio, mas era uma coisa mais pequenina.

Diz-se que a Lactimaf é a responsável por trazer o queijo flamengo para Portugal…
Sim, foi o meu avô que trouxe a receita, depois banalizou-se e é consumido em todo o país,
mas foi ele que trouxe.

Também trouxeram a receita dos triângulos de queijo, o Saúde…
Depois da Segunda Guerra Mundial, houve um engenheiro austríaco que fugiu da guerra com a
família e veio para aqui, e as tias receberam-no. Ele era mestre queijeiro e sabia fazer queijo
creme, fundido, e foi ele que trouxe a tecnologia que já existia, mas que foi feita pela primeira
vez em Portugal cá. O queijo em triângulos é um queijo tipicamente suíço, começou a ser feito
no inicio do século XX e é um produto muito interessante, é das coisas mais seguras que se
pode consumir, é um produto que aguenta melhor as variações de temperatura, tem mais
digestibilidade do que o queijo normal, e depois é muito prático e não se estraga. O queijo
Saúde é o único queijo de triângulos feito em Portugal.
Leia mais na edição impressa do Jornal N