Economia

Volume de negócios das empresas feirenses cresce em média 80M€ por ano

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Entre 2013 e 2016, o volume de negócios das empresas de Santa Maria da Feira registou um aumento de cerca de 245 milhões de euros, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). No ano de 2013, o valor total atingido pelas entidades feirenses era de 3 497 933 722 mil milhões de euros, que cresceu para 3 742 457 552 mil milhões em 2016, registando uma variação positiva na ordem dos 7% no período temporal referido, que vai de encontro ao crescimento verificado em Portugal no mesmo período, centrado nos 7,2%. O maior aumento registado aconteceu entre os anos de 2014 e 2015, com o município a alcançar um saldo positivo de 162 milhões de euros relativamente ao período anterior.

Dentro dos aumentos mais significativos, estão sectores como o das Actividades Artísticas, Espectáculos, Desportivas e Recreativas, que em 2013 registou um volume de negócios de 2 763 224 milhões de euros, e três anos depois viu o valor aumentar para 8 818 953 milhões de euros, apresentando uma variação de cerca de 69%. As Actividades Imobiliárias em território fogaceiro também cresceram, enunciando um acréscimo de 9 milhões de euros em 2016 (31 231 508 milhões de euros), comparativamente ao valor de 2013 (21 636 997 milhões de euros), que se traduz num aumento de 31%. Os Serviços Administrativos e de Apoio acompanharam o crescimento, registando um aumento de cerca de 16 milhões entre 2013 e 2016, assim como as áreas do Alojamento e da Restauração, cujo volume de negócios aumentou em mais de 12 milhões de euros.

Leia mais na edição impressa do Jornal N ou assine a versão digital aqui