Local

Aperto de mão entre Lista Independente e PSD de Argoncilhe

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Facção comandada por Pedro Martins junta-se ao conjunto de nomes liderados por Manuel Santos, ex-Presidente da Junta de Freguesia de Argoncilhe

Um grupo de rostos independentes, motivados pelo “descontentamento” em torno da realidade recentemente experienciada pela Junta de Freguesia de Argoncilhe e que culminou na sua destituição, começou a aglomerar forças e nomes com o intuito de ser “uma alternativa” na liderança dos destinos da freguesia. A composição da Lista contém rostos que “na sua maioria” não se encontravam ligados a qualquer partido político, e, à partida, a intenção seria a de “mediar” a discussão política, trazendo o consenso para uma Assembleia de Freguesia onde o mesmo nunca foi concretizado. É, também, ao olhar para as peças que começam a compor o puzzle das próximas Eleições, que a motivação se encontra. “Os intervenientes são os mesmos do lado do CDS e do lado do PSD, e também praticamente os mesmos do lado do Partido Socialsita. Ora, se os intervenientes e os votantes são os mesmos, possivelmente o resultado seria semelhante ao de há dois anos atrás. Por isso é que decidimos avançar com uma lista independente para poder ajudar a mediar a questão, numa primeira fase” – explica Pedro Martins, líder da facção Independente.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.