Local

Reunião de Câmara: Investimento estrangeiro no Concelho gera discórdia

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

Na passada segunda-feira, o executivo municipal camarário voltou a reunir-se, naquela que foi a última assembleia para Teresa Vieira, como substituta de António Topa Gomes. O investimento estrangeiro no território feirense voltou a estar na ordem do dia, com o Partido Socialista a acusar Emídio Sousa de “propaganda política”, depois do presidente da Câmara ter falado sobre a sua recente estadia em Genéve, onde apresentou “o território a potenciais investidores” e onde foi convidado a conferenciar. A questão dos CTT em Paços de Brandão também voltou a ser discutida, com Délio Carquejo, vereador socialista, a afirmar que “existiram residentes em Paços de Brandão que não foram ouvidos pela Junta de Freguesia”, alegando a existência de mais candidaturas a concurso do que aquelas que foram contempladas pelo executivo brandoense. “Garanto-lhe que está a mentir”- disse Délio Carquejo a José Manuel Oliveira, depois do vice-presidente ter afirmado que o presidente da junta de freguesia de Paços de Brandão lhe tinha feito chegar “um e-mail com os nomes dos potenciais interessados no serviço dos CTT”.

 

Leia mais na edição impressa do Jornal N.