Local

PS Fiães pede “responsabilidades políticas” ao Executivo

 | 

Em causa está adjudicação de placas de cortesia em redor da empresa ALPI

No passado dia 30 de Setembro, realizou-se uma Assembleia de Freguesia em Fiães e, durante a sessão, os temas trazidos à discussão pelo Partido Socialista terão feito “aquecer os ânimos”, centrando a atenção do Executivo e do público para tópicos como “a requalificação do centro da freguesia” ou “as obras do pavilhão da Casa do Povo” – indicam os socialistas, em nota de imprensa. Os assuntos de ordem ambiental e de segurança rodoviária trazidos para cima da mesa pelos eleitos Manuel Santos e Ivo Gomes terão causado “desassossego” no Executivo fianense. “O constante depósito de lixo na zona de Fiães na Feira dos Dez não tem solução por parte do executivo estando a defender a remoção do ecoponto existente na tentativa de extinguir os cenários habituais que por lá se assiste e confirmou-se a informação de que o enterro de alimentos e outros resíduos originou 2 processos de contraordenação à junta de freguesia” – lê-se, em comunicado.

Já na temática da segurança, foi apontada a “ausente ou debilitada” sinalização existente na freguesia, “desgastada pelo temporal e ausente manutenção”, assunto com o qual o presidente da Junta de Freguesia, Valdemar Ribeiro, terá “concordado”, apontando a “recente pintura das passadeiras da Feira dos Dez”, sendo alertado por Manuel Santos de que as passadeiras mencionadas se encontram na cidade de Lourosa.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.