Local

Zona desportiva do Barreiro e Centro Cívico de Pigeiros no centro da discussão

 | 
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest

No passado dia 1 de julho, segunda-feira, o Executivo Municipal voltou a reunir-se em contexto de Reunião de Câmara. Contudo, ainda anterior à Ordem do Dia que contemplou 13 pontos na sua constituição; a vereadora do Partido Socialista, Margarida Gariso, requeriu um esclarecimento à Câmara Municipal para que “seja notificado formalmente” o Presidente da União de Freguesias de Caldas de S. Jorge e Pigeiros, com o intuito de informar, por escrito, “o nível de execução do projeto no sentido de dar continuidade à construção da zona desportiva do Barreiro, em face das verbas recebidas do orçamento da Câmara Municipal e da Suldouro com essa finalidade”.

Em causa está um relatório de contas de final de mandato apresentado e aprovado pela Assembleia de Freguesia de Pigeiros, realizada a 19 de outubro de 2013, (anterior à integração da União de Freguesias de Caldas de S. Jorge e Pigeiros) do qual “a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, através do Sr. Presidente Alfredo Henriques atribui verbas a transferir para a Junta de Freguesia para a construção do Centro Cívico de Pigeiros e para as obras da zona desportiva do Barreiro”. As duas verbas atribuídas – uma de 75.000€ a transferir pelo orçamento da Câmara, e mais 110.000€, a ser liquidada pela Suldouro – a última mencionada e “a ser liquidada pela Suldouro” foram considerados “75.000€ para o Centro Cívico de Pigeiros e os restantes 35.000€ para as obras na zona desportiva do Barreiro”.

 

Leia mais na edição impressa do Jornal N.