Oitava edição da São Silvestre de Espinho anima cidade

Num fim de tarde chuvoso, a oitava edição da S. Silvestre de Espinho, a segunda organizada pelo Running Espinho, animou as ruas da cidade, fechadas ao trânsito para receber a prova.

Depois do enorme sucesso que foi a edição de 2022, sendo a 1.ª prova de 10 km em Portugal com diversos pontos de animação ao longo do dinâmico e competitivo percurso, a organização voltou a apostar no mesmo modelo, reforçando e diversificando as animações. Este evento incluiu uma corrida de 10 km cronometrada, que cumpriu o limite máximo de 1500, uma caminhada de 5 km não competitiva e ainda uma prova para crianças.

Foram cerca de 1500 participantes na prova de 10 quilómetros que este sábado correram pelas ruas da cidade, com a partida e a chegada a acontecerem junto à Câmara Municipal.

A nível de pódios, no feminino Solange Jesús, do CD Feirense foi a primeira classificada, seguida de Carla Martinho (R. Âgueda), Sara Duarte (SC Braga), Rafaela Fonseca (R. Âgueda) e Maria Carvalho (ADRAP). No pódio masculino, Francisco Rodrigues, do Sporting de Braga foi o primeiro classificado, seguido de Luís Oliveira do SL Benfica e de Paulo Barbosa, também do Braga. Em quarto e quinto ficaram João Almeida (R. Âgueda) e Bernardo Rocha (Salgueiros).

A edição 2023 contou com prémios monetários que colocam esta prova no top 10 nacional das melhores pagas, tanto para os primeiros classificados da corrida, como dos diversos escalões.

Leia o artigo completo na última edição do Jornal N

Artigos Relacionados