Número de atletas no Clube de Ténis de Ovar cresce a partir de Maio

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

CLUBE Rúben Ferreira é director técnico há 17 anos do Clube de Ténis de Ovar. Clube tem 137 atletas federados e mais de 150 sócios .

O Clube de ténis de Ovar conta com 33 anos de existência. Rúben Ferreira foi praticamente da modalidade e há 17 anos que ocupa a função de diretor técnico do clube de ténis de Ovar. A agremiação tem em actividade todos os escalões [desde s sub-7 em diante] e regista 137 atletas federados, entre os quais os actuais número seis e 11 do ranking nacional.

O Clube de Ténis de Ovar nasceu em 1987 e cresceu de então para cá.

O nosso clube nasceu há 33 anos. Juntaram-se 52 sócios, sendo que estes são os sócios fundadores do clube. O clube foi fundado pelo sócio número um, Nogueira de Sousa, e pelo sócio número dois, Laurindo Ferreira, que ocupam cargos na Direção do clube. Temos todos os escalões. Começamos nos sub-7, depois temos sub-9, sub-10, sub-12, sub-14, sub-16, sub-18, seniores e terminamos nos veteranos.

Quantos alunos tem atualmente o clube?

Neste momento, o clube tem 137 atletas federados. A maior parte dos alunos são novos, sendo que a média de idades deve rondar os 15/16 anos. Temos atletas de todos os níveis, incluindo o número seis e 11 nacional. Temos também alguns miúdos que estão entre os melhores dos campeonatos regionais. Somos um clube que tem ganho muitos campeonatos regionais e, a partir daí, vamos aos nacionais.

Maioritariamente de que zonas são os praticantes da modalidade?

Diria que a totalidade dos praticantes são do concelho de Ovar, podendo haver uma exceção.

Quais os principais impactos que a pandemia trouxe ao clube de ténis?

Acho que o maior impacto passa por termos fechado as instalações em março, logo no início da pandemia. Ficamos sem atividade, até termos retomado no dia 4 de maio.

Os treinos e as aulas recomeçaram. Quais as regras implementadas pelo clube?

Voltamos com todas as medidas de segurança, ainda mais do que aquelas que a Federação Portuguesa de Ténis pediu. A federação indicou que se podia iniciar com quatro alunos mas o clube iniciou apenas com dois alunos mais o treinador, por aula. Manter a distância de segurança é essencial e o uso de máscara obrigatória nos espaços comuns. Não existe partilha de toalhas, garrafas de água, nem de equipamento. É necessário fazer a desinfeção das mãos e das solas dos sapatos.

O número de atletas aumentou no Clube de Ténis de Ovar?

Posso dizer que o número cresceu um pouco depois da reabertura. Recebemos várias crianças que praticavam desportos coletivos de pavilhão, maioritariamente o basquetebol e a natação. Diria que os fatores para existir este aumento foram pelo ténis ser um desporto ao ar livre e feito num espaço grande. Acaba por ser uma área, em que só estão dois jogadores e o treinador, por isso existe bastante distância de segurança.

Que provas vão ser realizadas durante o mês de Setembro?

Em setembro, vamos ter vários torneios no nosso clube. De 7 a 13 de setembro iremos ter a semana Bidi Badu com vários torneios que vão desde os sub-12 aos sub-18. Estamos também a organizar um torneio que decorrerá entre 16 e 19 de setembro, em que está em prémio, 2000 euros. No fim do mês, teremos o 5º torneio de veteranos.

O ténis tem sido uma modalidade que ao longo dos anos tem ganho mais adeptos e praticantes. O interesse pelo ténis tem crescido ao longo dos anos. Pelo menos, no clube de ténis de Ovar, fui notando que o número de praticantes foi aumentando ao longo dos anos. Existia aquela ideia de que o ténis era um desporto caro e que não estava acessível a todos. Hoje em dia, está ao preço de outros desportos. Hoje fala-se mais de ténis e vê-se mais ténis na televisão. E claro que ajuda ter o nome do João Sousa ligado ao ténis, e que está sempre no top mundial.

Qual o balanço que faz destes anos de actividade do Clube de Ténis de Ovar?

Um balanço positivo. Em primeiro lugar, o clube de ténis começou por ser uma referência a nível regional sendo o segundo clube com mais federados. Recebemos muitos atletas e eles adoram a maneira como são recebidos e os feedbacks são sempre muito positivos. O clube de ténis de Ovar tem evoluído bastante.

Existem alguns projetos para o futuro do Clube de Ténis de Ovar?

No futuro, gostava que fosse possível iluminar mais campos porque precisamos de mais luz no inverno. Dos seis campos apenas dois estão iluminados. E estamos a pensar cobrir, brevemente, dois campos para conseguirmos dar aulas sem nenhuma interrupção durante o inverno.

Outros factos

O clube oferece uma aula para experimentar e conhecer a modalidade.

Existe a opção para alugar o campo, até mesmo como não sócio.

O clube de ténis conta com cerca de 150 sócios.

O clube tem seis campos disponíveis.

Novas inscrições e renovações para a época 20/21 já estão disponíveis na secretaria do clube.