Multidão enche Largo da Câmara e ruas da cidade para ver a chegada do Pai Natal

Na passada tarde de sexta-feira, dia 1 de Dezembro, nem o tempo pouco convidativo demoveu miúdos e graúdos de virem a Espinho ver a chegada do Pai Natal. São Pedro deu tréguas e a magia aconteceu. O relógio apontava as três da tarde e já o Largo da Câmara Municipal estava repleto de crianças acompanhadas pelos seus pais e familiares. Ouviam-se os bombos e o cortejo de Natal aproximava-se, com música, malabaristas, equilibristas e personagens natalícias. O momento alto aconteceu quando a pequenada avistou a charrete que trazia o Pai Natal. Foi a loucura total. Os mais pequenos queriam tocar no Pai Natal, entregar as cartas com os pedidos e subir para a charrete.
A parada de Natal percorreu as ruas da cidade, e o Pai Natal também. De regresso ao Largo da Câmara Municipal, o velho São Nicolau tirou uma fotografia com cada uma das crianças ao colo. No meio da multidão, a pequena Maria dizia ao pai que queria uma foto com o Pai Natal. A fila era longa, mas a Maria conseguiu levar consigo essa memória.

 

Artigos Relacionados