Alunas da Escolaglobal participam em projeto europeu sobre ciberbullying

As alunas Benedita Silva e Íris Carneiro, das turmas do 9.o ano do Colégio das Terras de Santa Maria, participaram num encontro online inserido no âmbito do projeto CO:RE, sobre o impacto das redes sociais e dos meios digitais nos jovens.

O convite surgiu por parte da “European Schoolnet” para a Escolaglobal participar neste projeto de três anos financiado pela União Europeia – inserido no “European Union’s Horizon 2020 Research and Innovation Framework Pro- gramme”.

“O maior objetivo destes encontros é reunir conhecimento sobre o impacto das tecnologias digitais e das redes sociais nos jovens e tornar essa informação disponível, de uma forma simples, para decisores políticos”, referem em comunicado. No encontro online as alunas da Escolaglobal discutiram com investigadores e alunos de várias escolas europeias sobre o ciberbullying e aquilo que incomoda atualmente os jovens ao utilizarem aplicações na internet.

Com as informações e o conhecimento obtidos através destas alunas e dos restantes participantes, pretende-se desenvolver uma plataforma que permita “visualizar e acompanhar pesquisas e evidências físicas”, assim como oferecer recursos educacionais sobre o impacto das tecnologias nos jovens, de forma a auxiliar decisores políticos – tais como o Ministério da Educação – aquando das tomadas de decisões sobre estes assuntos.

Para a aluna Benedita, o ciber- bullying é “transformar uma pessoa numa vítima ao ofendê-la gratuitamente” e isso “é algo que não oferece, à pessoa que o faz, absolutamente nada em troca”. Por outro lado, Íris afirma que “a melhor forma de nos protegermos quando nos associamos a plataformas digitais é mentalizarmos do mundo em que vamos entrar e daquilo que nos vai rodear, sabendo que as críticas vão existir.” Ainda assim relembra que “é importante mantermos as nossas contas privadas e não comunicar- mos com quem desconhecemos”.