Câmara vai assumir as obras dos postos de Saúde de Arada, São Vicente e Furadouro

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Na passada quinta-feira, o Presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, fez saber que a Autarquia irá avançar, a “expensas próprias”, com as obras de manutenção/requalificação necessárias para que os postos de saúde de Arada, São Vicente e Furadouro voltem ao activo. As várias intervenções terão um custo total aproximado de 35 mil euros. “A responsabilidade dos Cuidados de
Saúde Primários, no nosso Município, é do Ministério da Saúde.
Esta competência do Ministério engloba não só todo o corpo de Profissionais de Saúde como também as Instalações Físicas dos Nossos Postos Médicos e Unidades de Saúde.
Temos, neste momento, várias Unidades encerradas.
Uma das razões prende-se com a necessidade de obras de manutenção para fazer face aos requisitos impostos pelo próprio Ministério” – apontou o Autarca. Salvador Malheiro acrescenta ainda que o Ministério da Saúde não avançará com as obras alegando escassez financeira. “Neste contexto, mesmo não sendo nossa competência, a Câmara Municipal de Ovar, a expensas próprias, vai proceder por sua iniciativa às obras de manutenção/requalificação necessárias, substituindo-se mais uma vez ao Ministério da Saúde” – disse o edil, e concluiu – “Tomámos esta decisão porque, para nós, estará sempre em primeiro lugar a Saúde das nossas pessoas.Esperamos agora que o Ministério da Saúde não falhe, mais uma vez, com os munícipes de Ovar e abra de uma vez por todas os nossos Postos Médicos com os necessários Profissionais de Saúde”.