Câmara aumenta em mais de 30% as bolsas de estudo dedicadas ao Ensino Superior

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Município investe mais de 61 mil euros em apoios para o presente ano lectivo

 Atendendo ao atual contexto de Pandemia pelo COVID-19, que aumentou a fragilidade social das famílias, a Câmara Municipal de Ovar decidiu incrementar, em mais de 30%, o número de Bolsas de Estudo a alunos do Ensino Superior, passando de 43 no ano letivo 2018/19 para 61 no ano letivo 2019/20.

A atribuição de Bolsas de Estudo a Alunos do Ensino Superior enquadra-se no RASMO – Regulamento de Ação Social do Município de Ovar. No valor de mil euros cada, estas bolsas destinam-se à comparticipação da frequência de cursos que confiram os graus académicos de licenciatura ou grau de mestrado integrado/mestrado, ministrados em estabelecimentos de ensino públicos ou privados em Portugal. Para alunos com um grau de deficiência igual ou superior a 40%, a comparticipação anual é no valor de mil e duzentos euros. Para o presente ano letivo, o Município de Ovar investe 61.200 euros nesta medida social, que visa promover a coesão social e a igualdade de oportunidades, bem como incentivar e proporcionar o acesso e a frequência do ensino superior a jovens cidadãos, residentes no concelho de Ovar, cujas possibilidades financeiras sejam vulneráveis.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.