Condenado a 10 anos e meio de prisão por abusar de menor

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Arguido terá de pagar indemnização de 35 mil euros à vítima

O Tribunal de Santa Maria da Feira condenou, no passado dia 9 de janeiro, a 10 anos e meio de prisão um homem de 55 anos por ter abusado sexualmente durante dois anos de uma menor, filha de um casal amigo.

Durante a leitura do acórdão, o juiz presidente disse que o arguido se portou como um “predador”, sublinhando que a sua atuação “teve forte impacto na menor, que faz tratamento psicológico”.

O arguido estava acusado pelo Ministério Público (MP) de 480 crimes de abuso sexual de crianças e outros tantos de coação sexual, a que se juntavam cinco crimes de pornografia de menores. No entanto, o Tribunal deu como provados apenas 48 crimes de abuso sexual de crianças e três crimes de pornografia de menores, absolvendo ainda o arguido de todos os crimes de coação sexual.

Segundo a Agência Lusa, em cúmulo jurídico, foi-lhe aplicada uma pena única de 10 anos e meio de prisão. Além da pena de prisão, o arguido terá de pagar uma indemnização de 35 mil euros à vítima. O arguido, que se encontra em prisão preventiva, ficou ainda proibido de exercer qualquer profissão que envolva o contacto com menores durante o período de 15 anos.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.