Feira vai ter biblioteca móvel para levar livros às fábricas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Programa deverá arrancar no primeiro trimestre de 2020, num investimento inicial de 86 mil euros

No passado dia 11 de novembro, segunda-feira, a Câmara de Santa Maria da Feira anunciou que vai adquirir uma viatura própria para levar às fábricas do concelho, livros e outros materiais selecionados pela Biblioteca Municipal, procurando assim promover a leitura entre os respetivos trabalhadores.

Segundo a Agência Lusa, depois do concurso público para aquisição de uma carrinha adaptada para o efeito ter sido publicado na semana passada em Diário da República, o vereador do Pelouro da Cultura na Câmara de Santa Maria da Feira, revelou que o projeto em causa se intitula “Leituras em Linha” e funcionará em regime de itinerância pelos mais de 213 quilómetros quadrados do território.

“Seguindo uma política de proximidade, de transformação e adequação da oferta dos nossos serviços às reais necessidades da comunidade, o “Leituras em Linhas” percorrerá, numa fase inicial, as maiores unidades fabris do concelho, procurando fornecer aos seus trabalhadores experiências educativas, sociais e culturais com vista ao enriquecimento de pessoas de todas as idades”, explicou Gil Ferreira, vereador responsável com o Pelouro da Cultura. Equipada com conteúdos adequados ao perfil dos potenciais utilizadores, numa seleção que procurará ter em conta, por exemplo, a faixa etária e o perfil académico dos quadros afetos às empresas a visitar, a biblioteca móvel do “Leituras em Linha” também irá disponibilizar acesso à Internet e um terminal de Multibanco (ATM). O programa deverá arrancar no primeiro trimestre de 2020, após um investimento inicial de 86.000 euros.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.