Indaqua assegura que não são necessárias medidas adicionais de racionamento de água

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Indaqua Feira garante, em comunicado, que “não é necessário adoptar medidas de racionamento de água, tendo em conta a estratégia adpotada na gestão do sistema público de distribuição de água” – lê-se. A afirmação surge no seguimento de uma tomada de posição pelo Ministério do Ambiente enviada às câmaras municipais, na qual é pedido “um reforço de medidas que permitam minimizar os efeitos da seca no que respeita ao abastecimento público da água”.
Leia mais na edição impressa do Jornal N