Iniciativa Liberal propõe mudança de nome da Viagem Medieval

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Partido refere que tem assistido “a dois pesos e duas medidas” relativamente às proibições em Portugal

A Iniciativa Liberal de Santa Maria da Feira propôs ao Executivo da Câmara Municipal a mudança de nome da Viagem Medieval em Terras de Santa Maria para “Viagem Medieval do Bloco de Esquerda e do Partido Comunista Português”.

Face ao cancelamento da Viagem Medieval em Terras de Santa Maria de 2020, por razões de saúde pública, a Iniciativa Liberal (IL) considera que tem vindo a assistir a nível nacional “a dois pesos e duas medidas”, relativamente a proibições  desta ordem. “Relembramos que manifestações da CGTP no 1.º de  Maio, com o alto patrocínio e presença do PCP foram autorizadas, assim  como a Festa do Avante, realizada também pelo mesmo Partido Comunista,  vai decorrer num futuro próximo. Agora assistimos a nova concentração  de pessoas, numa manifestação, em teoria, para lutar contra o racismo,  promovida pelo Bloco de Esquerda e com a presença de altas figuras do  Bloco, inclusive deputados”, referem em comunicado. Uma vez que “em Portugal a lei não parece ser  igual para todos”, a Iniciativa Liberal – Santa Maria Feira propôs a mudança de nome da “Viagem Medieval em Terras de  Santa Maria” para “Viagem Medieval do Bloco de Esquerda e do Partido  Comunista Português”.

“Como a estes partidos tudo parece ser permitido,  tudo parece ser tolerado, talvez assim a nossa querida Feira Medieval  de 2020 possa realizar-se para alegria de todos. Talvez com esta  mudança, o povo feirense poderia realmente beneficiar com as políticas  emanadas do BE e do PCP, coisa de que outra forma, jamais existiria”, concluem.