LaB inDança entra em residência artística

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Projeto inclusivo de dança envolve 22 pessoas do concelho feirense

A Cidade dos Eventos de Santa Maria da Feira – Europarque – vai receber, entre 13 e 16 de fevereiro, a primeira residência artística de 2020 do LaB inDança, um projeto inclusivo de dança que proporciona a toda a população, com especial enfoque às pessoas com deficiência e incapacidade, experiências formativas e performativas na área da Dança contemporânea.

O LaB inDança é um projeto que recorre à criação artística, através da dança, para ultrapassar barreiras sociais dos preconceitos em relação à deficiência e desenvolve atividades de experimentação e aprendizagem, reflexão, sensibilização e produção de conhecimento. Envolve, atualmente, 22 pessoas de todo o concelho de Santa Maria da Feira, nas áreas artísticas da Dança e da Música. Sob a direção artística da coreógrafa Clara Andermatt, com a colaboração de vários profissionais da área do espetáculo, o LaB inDança é um projeto da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, através da iniciativa PARTIS – Práticas Artísticas para a Inclusão Social.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.