CEF vai terminar 2020 com faturação superior a um milhão de euros

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Diretor-geral afirma que “nem a pandemia abrandou o interesse de muitas empresas de se instalarem” no centro empresarial

O CEF – Centro Empresarial da Feira, vai terminar o ano de 2020 com um montante de faturação superior a 1 milhão de euros, o que representa um aumento de mais de 35% relativamente ao período homólogo de 2019. Este complexo empresarial, sediado em Santa Maria da Feira, tem cerca de três anos de atividade e nasceu da reabilitação das instalações da antiga empresa de calçado Rodhe, que faliu.

Neste momento, o CEF tem mais de 90% das suas instalações, cuja área supera os 55 mil metros quadrados, ocupadas com empresas industriais e de serviços, entre elas, a McDonald’s e a Parfois que ali montou os seus serviços de logística online à escala mundial.

Recentemente, o grupo Nérvion Industries, especializado em montagem e manutenção de instalações industriais, escolheu o CEF para montar a sua base de operação e vai instalar também a sua sede em Portugal no concelho feirense. O grupo espanhol, considerado uma referência empresarial no país vizinho, está estruturado em duas grandes áreas de atividade: serviços industriais e engenharia e construção.