Comuniti é o novo supermercado online em Santa Maria da Feira

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Comuniti foi fundada pela israelita Ravit Turjeman e pelo português Rui Adrego, dois gestores com experiência internacional na transação de bens de consumo e que apostaram em “devolver o poder ao consumidor”. Na origem da plataforma Comuniti.pt estão as experiências profissionais e pessoais de Ravit Turjeman e Rui Adrego, dois empreendedores experientes.

Com uma abordagem orientada para o espírito de comunidade e centrada em proporcionar ao cliente online a experiência de compra mais vantajosa, os fundadores da Comuniti têm um objetivo simples: operar uma plataforma online que “atenda verdadeiramente às reais necessidades das pessoas, erradicando práticas imorais como a aplicação de altíssimas margens de lucro a produtos de primeira necessidade, opondo-se à exploração dos produtores, sobretudo no setor primário, e rejeitando a estratégia promocional agressiva e ilusória dos principais supermercados a operar no país”. O Jornal N esteve à conversa com Rui Adrego, um dos fundadores da plataforma que explica em que consiste o projeto, as suas funcionalidades e um balanço do primeiro ano da plataforma.

Em que consiste o projeto Comuniti?

A Comuniti.pt é na sua essência um supermercado online. Começamos a desenvolver este projeto há cerca de três anos, porque verificamos que existia espaço para um pure player do canal online. E os players que tinham atividade, nesse segmento, não correspondiam àquilo que estavam a ser as novas tendências, as necessidades do consumidor e as novas abordagens. Dividimos a nossa vida durante muitos anos entre Nova Iorque e o Porto e pelas viagens que fazíamos, a nível empresarial, verificamos o desenvolvimento que o online já tinha neste segmento. E achamos que podíamos fazer algo e, foi aí, que começamos a trabalhar na plataforma Comuniti.

Em que aspetos é que a plataforma Comuniti.pt se diferencia das restantes?

Sermos só um supermercado online é fácil. Aquilo que quisemos construir foi uma plataforma que tivesse na realidade, benefícios e funcionalidades diferenciadoras que permitissem ao consumidor ser membro de uma comunidade. Daí o nome Comuniti querer dizer, uma comunidade para ti. Aplicamos três funcionalidades, sendo que a terceira irá ficar disponível no primeiro trimestre de 2021. A primeira funcionalidade e, neste momento única no mercado, é a comparação de preços em tempo real. Portugal é dos países que tem mais atividade promocional em bens alimentares. Como conhecemos o mercado, achamos que nem sempre os supermercados apresentam as promoções reais. Por isso decidimos apresentar informação de preço, em tempo real, para os principais players que têm também online, nomeadamente as marcas Continente, Auchan, Pingo Doce e Intermarché. Defendemos a honestidade e a transparência na aplicação dos preços ao consumidor.

 

Leia a entrevista na íntegra na edição digital e gratuita do Jornal N.