Corticeira Amorim e Nike estabelecem parceria aliada à ecologia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Projeto “Amorim-Nike” irá criar um tipo de sub-pavimento inovador para ser aplicado na construção civil, através de ténis reciclados e da cortiça

A Corticeira Amorim estabeleceu uma parceria com a Nike para o desenvolvimento de um produto inovador e ecológico a partir de ténis reciclados e de cortiça. O “Amorim-Nike” será usado em obras da construção civil e será exportado para países como os Estados Unidos da América, França e Alemanha.

“A Nike pega nas sapatilhas em fim de vida, tritura tudo, separa a parte têxtil das solas e das espumas. Enviam-nos e nós misturamos aquilo com cortiça. Este compósito vai resultar num novo sub-pavimento para a construção civil”, explica o presidente da Corticeira Amorim, António Rios Amorim, em entrevista à Eco.

Assim, surge o “Amorim-Nike”, um novo tipo de sub-pavimento “de baixíssima pegada carbónica” que poderá ser usado “para fazer obras em casa ou na garagem”. “No futuro, quando alguém disser “temos de substituir aqui esta borracha sintética, ou este plástico, por um produto natural”, a escolha vai ser a cortiça”, afirma o responsável da Corticeira Amorim, notando que isto “já está a acontecer”.

A parceria, entre a Corticeira Amorim e a Nike, surge do crescente interesse da empresa corticeira pela “economia circular”, assim como pela aposta na sustentabilidade e preservação do ambiente. Contudo, também tem em conta a necessidade de encontrar “novas formas de produção e produtos inovadores”, de forma a rentabilizar as suas receitas.

A produção do material inovador será feita em Portugal, havendo expetativas de exportação para “várias cadeias internacionais”, como a Leroy Merlin e para países como “EUA, França, Alemanha”, segundo António Rios Amorim.

Leia mais na próxima edição do Jornal N.