Marcelo Rebelo de Sousa deixou mensagem de esperança a Ovar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O Presidente da República defendeu, no passado sábado, nas comemorações do Dia do Município, que a sua presença em Ovar representa um sinal de “esperança no futuro” depois da cerca sanitária, e que o Governo deve, em outubro, definir prioridades e o calendário para os apoios comunitários.

“É uma ocasião de recordar esse passado [recente], de homenagear aqueles que morreram [de covid-19], de homenagear aqueles que aqui lutaram, sobretudo durante a cerca sanitária, e de olhar para o futuro. Ovar tem grandes potencialidades – tem o mar e uma indústria muito avançada, que está a dar a volta [à crise] – e há aqui um misto de homenagem e de esperança no futuro”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa, que marcou numa visita criticada pelas estruturas locais do BE e do CDS-PP.

Marcelo Rebelo de Sousa cumprimentou com o cotovelo e com o punho fechado o Presidente da Câmara Municipal, Salvador Malheiro, que lhe atribuiu a Medalha de Ouro de Mérito Municipal pelo apoio dedicado à comunidade vareira durante os 31 dias do cerco sanitário a que essa esteve sujeita devido ao vírus SARS-CoV-2.

A visita do Presidente da República a Ovar durante o feriado do município também incluiu o descerrar inaugural daquilo que, tendo sido anunciado como um mural, se revelou uma placa de um metro quadrado cujo baixo-relevo dava a ler palavras de homenagem “a todos os que travaram a difícil batalha contra a covid-19 no território vareiro”.

Leia mais na edição impressa.