Operária corticeira pede 80 mil euros de indemnização por danos morais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Trabalhadora decidiu avançar com processo de indemnização pelos “danos sofridos de assédio moral”


Cristina Tavares, operária da corticeira Fernando Couto, localizada em Paços de Brandão, avançou com um pedido de indemnização de 80 mil euros à empresa pelos danos sofridos pelo assédio moral de que foi alvo.
Segundo a notícia avançada pelo Jornal de Notícias, depois do Tribunal da Relação do Porto ter confirmado recentemente a sentença do Tribunal do Trabalho da Feira que condenou a corticeira ao pagamento de uma multa de 31 mil euros por assédio moral à trabalhadora, Cristina Tavares decidiu avançar com um processo de indemnização.
A audiência de partes com vista a um acordo realizou-se na passada terça-feira, sem que tenha sido possível chegar a um entendimento. O caso irá seguir para julgamento.

Leia mais na edição impressa do Jornal N.