Bloco, PS e CDU de Fiães apresentam propostas para Orçamento de 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

No âmbito da elaboração do Plano de Atividades e Orçamento da Junta de Freguesia de Fiães para 2022, o Bloco de Esquerda, o PS e a CDU de Fiães propuseram um conjunto vasto de medidas ao Executivo da Junta de Freguesia.

O BE apresentou 20 propostas entre as quais se destacam: “pugnar junto da Câmara Municipal para a necessidade de construção de habitação a custos controlados em Fiães e criação de um Gabinete de Apoio ao Cidadão, com horário alargado, dotado de assistentes sociais e psicólogos na Junta, de forma a prestar auxílio em assuntos burocráticos, psicológicos e sociais da população”. O BE de Fiães considera que as propostas apresentadas “são urgentes e prioritárias”, sendo “fundamental” a integração no Plano de Atividades e Orçamento para 2022.

Já o documento apresentado pelo PS incluiu metas temporais, indicando as prioridades da força política, assim como os tempos de concretização. Um dos assuntos para resolver no primeiro trimestre de 2022 passa pela “limpeza, zelo e vigilância” na zona dos passadiços em articulação com a Câmara e/ou Área Metropolitana do Porto. Já para o primeiro semestre do próximo ano, propõem a elaboração de um roteiro do património fianense e, para resolver até ao final de 2022, o início das obras na Quinta do Inspetor para a sede da Junta”, entre outras.

A CDU apresentou 35 propostas que, segundo o partido, “já foram enviadas para o presidente da Assembleia de Freguesia e executivo da Junta de Freguesia”. Entre várias recomendações, a CDU de Fiães propõe a abertura da Junta de Freguesia todos os dias, de 2ª a 6ª feira, inclusive no mês de agosto; a transmissão das Assembleias de Freguesia online no site da Junta; a criação e promoção de condições de segurança para peões atravessarem a EN326, junto aos Passadiços do rio Uíma, com colocação de passadeira e sinalética para controle de velocidade; a criação do evento “Mercado de Natal”, no Arraial da Igreja, envolvendo comércio, associações, artesãos e artistas locais; entre outras.