CDU de Fiães identificou descarga poluente num curso de água do rio Uíma

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

No dia 24 de abril, a CDU de Fiães foi alertada para uma descarga poluente num dos afluentes do rio Uíma. Após uma deslocação até ao local, uma delegação da CDU tentou identificar a origem desta descarga, mas sem sucesso. Segundo o partido, que lamenta “profundamente” o atentado ambiental, as autoridades locais foram alertadas.

“Esta situação remete-nos, uma vez mais, para, a nível local, a necessidade de uma maior fiscalização e ação por parte da autarquia. Já no panorama nacional, remete-nos para a necessidade de políticas que visem a preservação dos rios, que deve passar pela dotação de mais meios técnicos e humanos do SEPNA (Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente) que permita que este desenvolva mais ações e de forma mais abrangente. A par desta medida é necessário a abertura de concursos para a profissão de Guarda Rios – profissão extinta em 1995 pelo Governo de Cavaco Silva e cuja sua recuperação foi aprovada em 2019 na Assembleia da República por iniciativa do Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV)”, aponta a CDU.