Obras concelhias: PS denuncia a “poluição visual” na aplicação da sinalização vertical

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Foto: arquivo

 

O vereador socialista Délio Carquejo pediu a atenção do Executivo em Permanência para a sinalética colocada nos centros urbanos das vilas, trazendo um exemplo testemunhado pelo próprio na anterior semana, em Paços de Brandão. “Assisti a uma situação algo vergonhosa, em Paços de Brandão: a aplicação de dois sentidos proibidos na mesma rua, e portanto não se podia circular nem para um lado nem para o outro. Viam-se também pessoas a discutirem umas com as outras, não sabiam que sinais colocar. Assistimos à colocação de cerca de 20 sinais de direcionamento de trânsito num espaço de 500 metros. Há uma poluição visual enorme. De uma vez por todas, que consigamos articular esta forma de ser e estar no nosso concelho, naquilo que á sinalética diz respeito, e que a mesma não seja encarada de forma tão rudimentar. Os munícipes vão comentando, e bem. Se não se derem conta, qualquer dia são capazes de bater com cabeça nos passeios que vão fazendo em frente às suas casas e ir parar ao Hospital, se é que lá têm lugar em tempos como estes. Há uma grande descoordenação ao nível da colocação da sinalética, e isto tem de ser revisto. Aquilo a que se assistiu esta semana é lamentável” – argumentou o vereador do PS.

 

António Topa Gomes disse não ter conhecimento da situação elencada, tendo deixado a garantia de que o assunto seria averiguado.