PS de Escapães pede ao Tribunal de Contas auditoria à Junta

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Os eleitos do Partido Socialista de Escapães apresentaram um pedido ao Tribunal de Contas (TC) de fiscalização para auditoria/verificação externa. Em causa estão as prestações de contas do executivo da freguesia entre os anos de 2016 e 2018. Em comunicado enviado às redações, os eleitos do PS afirmam ter requerido uma cópia dos documentos enviados ao TC em 2018, referentes à prestação de contas de 2018. “Os eleitos do PS não aprovaram a prestação de contas do ano de 2018 na Assembleia de Freguesia de Escapães essencialmente porque não se tem verificado consistência nem continuidade nos saldos dos fluxos de caixa e dos saldos da gerência, não obstante a observância de vários erros e omissões” – lê-se.

Depois da respectiva declaração de voto que continha as razões que sustentavam a discordância da bancada socialista, os eleitos requisitaram uma cópia do documento remetido ao TC, mas a presidente da Junta de Freguesia de Escapães, Minervinha Rocha, e o secretário, terão “negado a entrega de quaisquer cópias de tais documentos”.

Leia mais na edição impressa.