PS propõe criação de uma “montra digital concelhia”

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Exequibilidade da proposta está a ser analisada pelo Gabinete de Desenvolvimento Económico

O vereador do PS, António Bastos, propôs à Câmara Municipal a criação de uma montra digital concelhia com o intuito de permitir a venda online das lojas instaladas no território feirense e, nesse sentido, impulsionar o comércio local. Esta sugestão foi reforçada na intervenção da vereadora Lia Ferreira, tendo em conta a situação epidemiológica que se vive no país.

O presidente da Câmara, Emídio Sousa, começou por explicar que, nesta área, tem sido desenvolvida uma aposta na formação. Segundo o mesmo, as vendas online tratam-se de uma atividade privada e a criação de uma plataforma deste género representaria “custos muito significativos”. Adiantou que os serviços do Gabinete de Desenvolvimento Económico estão a analisar “todas as propostas” e, por isso, a decisão está ainda a ser ponderada. Segundo o edil, este Gabinete está também a pesquisar e a estudar os custos associados, bem como a exequibilidade da “montra digital”.

“As lojas de venda online necessitam de uma atualização quase diária dos seus produtos. É importante perceber se a criação desta plataforma é possível”, avisou o edil ao recordar a plataforma de negócios, BizFeira, que visa dar a conhecer as empresas sediadas no concelho.