Socialistas exigem “intervenção de raiz” nas ruas de Arrifana

Vereador António Bastos sublinha a importância de preservar o património histórico da vila, nomeadamente em dois arruamentos de granito

A vereação do Partido Socialista (PS), através do vereador António Bastos, considera que a freguesia de Arrifana está a ser “menosprezada” pelo Município de Santa Maria da Feira. A acusação baseia-se no estado atual de algumas vias, nomeadamente a Rua Padre João Gomes Rebelo, Rua Dr. António Gomes Rebelo e a Rua Vale do Vouga, sobre as quais aponta a necessidade de uma “intervenção de raiz”.

“Conheço estas ruas da mesma forma que conhecia há 50 anos. Depois de todo este tempo, verificamos que as infraestruturas executadas nestes arruamentos levaram a um mau estado de conservação, com péssimas condições de circulação pedonal e automóvel”, apontou o vereador socialista. O mesmo refere que esta requalificação deverá salvaguardar a conservação do património e edificado existente, de modo a que “os cubos de granito e a praça arquitetónica” se mantenham e a sua utilização seja viável. “Peço que a Câmara avance, no imediato, com projetos de requalificação nestes arruamentos, no sentido de que a praça arquitetónica se mantenha em granito. Arrifana merece mais do que aquilo que tem sido feito”, disse o vereador do PS.

António Topa Gomes, vereador do Pelouro das Obras Municipais, começou por citar um decreto-lei “deste Governo do PS”, relativo à contratação pública e, nesse contexto, respondeu que um projeto de requalificação “naturalmente obriga a tempo de preparação dos processos”. “A sua vontade de lançarmos o concurso imediatamente não é viável, quanto mais não seja por impedimentos legais”, justificou.

 

Leia mais na edição impressa/digital do Jornal N.

PUB

PUBLICAÇÕES RECENTES