Segurança do Tribunal da Feira infetado

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Um segurança que trabalha no Tribunal de Santa Maria da Feira está infetado com o novo coronavírus, encontrando-se em isolamento em casa, informou, na passada terça-feira, fonte da comarca.
“Trata-se de um segurança cuja esposa trabalha no Hospital de São Sebastião. Ele foi trabalhar pela última vez no dia 19 de março, tendo apresentado alguns sintomas e na sexta já não voltou a trabalhar”, afirmou à Lusa a juíza coordenadora do Tribunal da Feira, Ana Loureiro.
Este é o primeiro caso positivo na área do Tribunal Judicial da Comarca de Aveiro que abrange 18 concelhos. A juíza coordenadora do Tribunal da Feira referiu que o segurança está em isolamento em casa durante 15 dias, tal como o outro segurança que trabalhava com ele, duas senhoras da limpeza e os funcionários judiciais que estiveram de escala nessa semana.
“Foram reformuladas as escalas e até agora houve apenas mais uma oficial de justiça que teve sintomas, mas que fez o teste e deu negativo”, disse a magistrada, adiantando que o tribunal já foi todo desinfetado.
A juíza contou ainda que fez uma escala para a utilização das oito salas de audiência que têm acesso pelo exterior do edifício, adiantando que depois de cada diligência as salas ficam fechadas 15 dias e só voltam a ser utilizadas ao fim desse tempo. Além disso, são disponibilizadas máscara e luvas a todos os intervenientes nas diligências judiciais.
“Ontem [segunda-feira, dia 30 de março] houve um primeiro interrogatório de arguido detido e toda a gente usou máscara e luvas incluindo o arguido, porque aceitou usar, e os defensores”, contou Ana Loureiro.