Cruz Vermelha de Sanguedo integra seis novos voluntários

António Teixeira, presidente da delegação de Sanguedo, assegura que os novos elementos irão ver a “família da Cruz Vermelha” como “uma segunda casa”

No passado sábado, 17  de julho, a Cruz Vermelha – Delegação de Sanguedo realizou o 17.º Compromisso de Honra, naquele que foi o ato oficial de integração de novos elementos voluntários. Os seis novos elementos deram entrada na instituição após terem concretizado uma formação de base e de prestação de primeiros socorros, sendo agora integrados nas equipas de emergência pré-hospitalar.

O presidente da delegação de Sanguedo da Cruz Vermelha, António Teixeira, refere que apesar dos novos elementos não representarem um “número significativo”, o importante a reter é a qualidade dos voluntários que mostram “disponibilidade, formação e vontade de servir a instituição”. António Teixeira explicou que a Cruz Vermelha de Sanguedo é, frequentemente, composta por jovens que dedicam parte da sua disponibilidade para auxiliar quem mais necessita, no entanto, após três a quatro anos, saem por motivos profissionais ou académicos; daí a necessidade anual de reforçar as suas “fileiras”.

Leia mais na edição impressa/digital do Jornal N.