Como o Teletrabalho Está a Revolucionar o Mercado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Num mundo cada vez mais dependente da tecnologia, é frequente focarmo-nos no lado negro da mesma. O efeito dos smartphones e tablets nas novas gerações, o distanciamento da tradicional interação social ou as justificadas preocupações com a segurança dos nossos dados pessoais.

A internet já não é somente um conceito abstrato, que utilizamos pontualmente em busca de informação, ou para comunicar com os nossos amigos e familiares.

Esta evoluiu para se tornar numa espécie de entidade omnipresente, onde assentamos agora muitos dos pilares da sociedade.

O Mundo do Trabalho na Internet

Resistir à sua adoção aparenta ser inútil. O progresso segue o seu devido curso e ainda que as desvantagens sejam do conhecimento geral, a internet abre-nos também portas para um mundo de oportunidades.

Poucos conceitos são tão polémicos como o teletrabalho. A sua forçosa adoção durante a pandemia deixou muitos profissionais com os nervos em franja, enquanto para outros representou uma mudança de paradigma que não desejam reverter.

Perfeitamente cientes das desvantagens, nada como refletir acerca de alguns dos pontos mais relevantes a favor do teletrabalho, também conhecido por trabalho remoto.

Tempos de Viagem

Nos modelos de trabalho 100% remoto, os tempos de viagem não existem. O seu escritório é em casa (ainda que possa decidir trabalhar a partir de qualquer outro lugar). O tempo que demora da mesa do pequeno-almoço até ao computador define essa viagem, frequentemente ainda de pantufas.

Se está entre os muitos profissionais que vivem na periferia de uma grande cidade, some todas as horas perdidas no trânsito, todos os gastos financeiros e emocionais. Trabalhar em obriga a enfrentar desafios próprios, mas neste ponto em particular ganha em tranquilidade, tempo e rendimento disponível.

Gastos com Escritórios

Se gere um negócio, estes tempos de mudança também representam uma oportunidade de poupança. Dependendo da dimensão da empresa, é tempo de repensar o espaço físico onde a mesma está sediada. Com funcionários a optar por permanecer em teletrabalho, está na altura de delinear uma nova estratégia.

Plataformas online como a Imovirtual permitem consultar inúmeras ofertas de escritórios adequados à dimensão do seu negócio. Entre as inúmeras formas de apurar a sua pesquisa, pode inclusive conhecê-los em detalhe graças às visitas virtuais.

Qualidade de Vida

Um ponto debatível, pois cada caso é único e que o digam aqueles que se encontraram a trabalhar meses a fio, partilhando o espaço com filhos menores.

Na teoria, a sua disponibilidade para a família e atividades de lazer aumenta de forma incomparável. Atualmente, ainda estamos num processo de adaptação, onde muitos profissionais vão para além dos seus horários de trabalho e enfrentam questões sérias como é o caso do burnout.

Com regras bem estabelecidas por parte das entidades empregadoras, com o devido respeito pelo tempo pessoal, o teletrabalho pode beneficiar em muito a qualidade de vida familiar.

A Localização é Tudo

Já considerou que a maioria das pessoas vive numa cidade por motivos laborais? Ainda que alguns não passem sem o estilo de vida urbano, outros enfrentam-no por mera necessidade. O custo financeiro e emocional é frequentemente elevado para estes profissionais.

Graças ao teletrabalho, pode viver junto ao mar, no campo ou até em outro país. Nada o impede de se tornar um nómada digital e viajar mundo fora enquanto cumpre com as suas obrigações laborais.

O seu leque de escolha aumenta exponencialmente, sem que tenha de enfrentar o receio de perder o emprego.

 

Europa e Mundo fora, muitos profissionais já admitem não desejar regressar ao escritório. O período de adaptação ao teletrabalho que foi forçosamente imposto pela pandemia deu-lhes uma liberdade de escolha que até aqui parecia utópica. Este não é um ponto consensual, mas após uma fase de adaptação inicial, será cada vez mais norma e não exceção.

Para as empresas, a aposta em modelos 100% remotos ou híbridos (parcialmente remotos, com determinados dias alocados ao escritório) representa uma poupança a médio e longo prazo.

Esta realidade permite também a profissionais e empresas posicionarem-se num mercado verdadeiramente global. Em suma, esperamos que nos próximos anos as vantagens continuem a suplantar as incontornáveis desvantagens.