Ainda a propósito da A. G. do Clube Desportivo Feirense

Estive na última assembleia geral do Clube Desportivo Feirense e assisti a cenas inenarráveis. Vi gente de alguma responsabilidade na história do clube a ter comportamentos indecorosos e de uma arrogância atroz, e vi outros que, sem abrirem a boca, fizeram uma triste figura.

Foram apresentadas as contas do cube com um saldo positivo de largas centenas de milhares de euros, que só não foram mais 300 mil euros porque a SAD deu um prejuízo de perto de um milhão, refletindo-se 30 por cento desse valor nas contas do clube. A SAD está tecnicamente falida e se o clube não está, isso fica a dever-se ao excelente trabalho que a direção presidida por Rodrigo Nunes tem feito ao longo destes anos.

Estavam perto de 100 associados na sala, um votou contra as contas e 15 abstiveram-se, sendo que, destes, três nem sequer estavam na assembleia.

 

Artigo de opinião de Manuel Miranda

Leia o artigo completo na nossa edição impressa. 

Artigos Relacionados